1/10

Peregrinações

Projectos com Comunidades

Enquadramento / Sinopse

 

"Ser peregrino é ter o peito a arder, Numa angústia, profunda e dolorida, Numa ansiedade que é de entontecer,

P’la conquista porém, duma outra vida." 

António dos Santos, in Ser peregrino

 

E se um dia como todos os dias, decidirmos ir? Por onde e para onde iríamos? Iríamos pelo mesmo caminho para o mesmo lugar?

 

PEREGRINAÇÕES procura os impulsos que nos levam a ir, cruza pessoas, caminhos e cidades que pisamos. Buscam-se sentidos em diferentes tempos, crenças,  horizontes - universos que nos atraem.

 

Nas ruas da Vitória descobrem-se tropas

que partem para a guerra, rebuçados emblemáticos, estudantes que cantam a vida, varandas - palcos de memórias,  turistas encantados, bailaricos autênticos, lavadeiras que abrem percursos, indigentes com ânsia de norte... gentes de diferentes tempos numa história que caminha com vontade de futuro. É uma peregrinação local, mais igual a qualquer outra do que aquilo que imaginamos. Da Vitória, um canto desta cidade, partimos em busca do sentido universal do que é peregrinar. Numa primeira estação, em Maio de 2012, buscámos a nossa pietatis causa – impulso primeiro para ir. Na estação seguinte, em conjunto, conhecemos a Vitória do passado e de hoje, desenhámos mapas, contámos histórias, escrevemos cartas, partilhámos objetos e fotografias, intercetámos as palavras populares com as eruditas, despertámos a memória do corpo e dos sentidos. Última estação: este espetáculo – "mira-me a mim, mira-te a ti, mirar o Mundo."

 

O PEREGRINAÇÕES gerou dinâmicas de diálogo entre diferentes entidades da Vitória e de outras zonas do Porto e cruzou pessoas de idades muito diferentes (4 anos aos 87 anos), estatutos socio-económicos diversos, sem-abrigo, pessoas portadoras de deficiência, crianças e jovens institucionalizados, profissionais e não profissionais das artes do espetáculo, desempregados, beneficiários do RSI, técnicos sociais na concretização de um espetáculo. Esta diversidade de participações, envolvimentos e contributos resultou num mosaico de experiências traduzindo quotidianos em linguagens artísticas e vice-versa.

 

O principal resultado visível deste projecto, para além da construção e apresentação do espetáculo PEREGRINAÇÕES, documentário a estrear e livro a publicar,  foi a criação do Grupo de Teatro Comunitário da Vitória. Este foi um objectivo estabelecido desde o início do projecto, a constituição deste colectivo como uma garantia de continuidade e de uma "força" da comunidade. 

 

 

Curriculum do Projeto

28 e 29 de Setembro

Miradouro da Vitória (Bataria)

 

 

Agradecimento

Albergues do Porto, Ana Maria Figueira, Rui Ferreira, Rodrigo Santos, Centro António Cândido - Porto, Associação Recreativa da Vitória, Avelino Lima, Carla Almeida, Casa da Amizade, Centro Social e Paroquial Nossa Senhora da Vitória, Escola de Música da Valentim de Carvalho do Porto, ESMAE, Fábrica da Rua da Alegria, Henrique Castelo, Inácia Cruz, Internato S. João, Irene Moreira, Junta de Freguesia da Vitória, Lar de S. Miguel, Legislatuna - Tuna Feminina da Faculdade de Direito da Universidade do Porto, Liga para a Inclusão Social, Lúcia Bandeirinha, Manuela Santos, Maranhão. Amaral Pinheiro & Gomes Lda., Maria João Tavares, Muralhas Pão Quente, Norcópia, Parceria Vinhos, Paróquia Nossa Senhora da Vitória, Patrícia Tavares, Rancho Folclórico Douro Litoral, Raquel Mendes, Ricardo Santos, Serviço Educativo da Casa da Música, Sr. Padre Jardim, Suricata Design Studio, Tabacaria Salete, Teatro do Frio, TNSJ, Tuna Académica da Faculdade de Direito da Universidade do Porto, Assador Típico, Sr. Mário Figueiredo, Confeitaria Belo Mundo, Vertágua, aos moradores das ruas da Vitória, das Taipas, de São Miguel, Miradouro da Vitoria e a todos os entusiastas deste projecto

Ficha Técnica e Artística

 

Criação Colectiva

 

Interpretação

Grupo de Teatro Comunitário da Vitória

Alberto Basto / Álvaro Fernandes / Ana Luísa / Ana Rosa Azevedo / Ana Miriam Machado Rebelo / Ana Maria Cerqueira António / António Gil Vila Real / António Romão Cardoso / António Simões / Augusta / Avelino Lima / Bruno Cardoso / André Cassamá / Carlos Baptista / Cesário Soares / Cristina Queirós Pereira Silva / Cristiano Moreira / David Barbosa / Diogo Ferreira / Diogo Pereira / Ekthibar Bairamov / Emanuel Santos / Filipa Costa / Gabriel Barbosa / Gustavo Poção / Hélder Pereira / Hermínia Silva / Hugo Rafael / Inês Lapa / Ivete Rosa Pereira / Ivo Emanuel Ferreira / Jaime Gomes Garrido / João Costa / Joana Silveira / José António Oliveira / José Manuel Nunes / José Manuel Brochado da Costa / Lino da Silva Moreira / Lurdes Magalhães / Manuela Costa / Maria Alexandra Botelho Maia Sousa / Maria Alves Pereira / Maria Augusta Brandão / Maria do Céu Cruz / Maria Cristina Moreira / Maria de Lurdes Tomás / Maria Elisa Silva / Maria de Fátima Alves de Sousa / Maria de Fátima Ferreira Machado Couto / Maria Gil / Maria Graça Neiva / Maria Helena Correia / Maria João Mota / Maria José Martins Carneiro / Maria Marília Rosa Paredes Guimarães / Maria Rosa Basílio / Maria Rosa Silva Lima / Mariana Gil / Marina Sousa / Marisa Montalvão / Marta Leitão / Mateus Barbosa / Nelson Filipe Carneiro / Odete Boal / Ricardo Cottin / Rodolfo / Salvador Gil / Serafim Castro / Tiago Barbosa / Vicente Gil / Viriato / Yuga Hatta.

 

Com a participação

Aleksandar Caric / Legislatuna - Tuna Feminina da Faculdade de Direito da Universidade do Porto / Tuna Académica da Faculdade de Direito da Universidade do Porto e Som da Rua (colaboração Serviço Educativo da Casa da Música) Direcção Musical – Jorge Prendas e Gil Teixeira Guitarra Gil Teixeira / Percussão Paulo Coelho de Castro / Flauta Daniel Sousa / Bateria Jorge Augusto

 

Direção Artística

Hugo Cruz / Susana Madeira

Direção Musical

Ricardo Casaleiro / Bernardo Soares

 

Textos

Alberto Fonseca Goncalves Basto / António dos Santos / Fernando Namora / Fernando Pessoa / Francisco Bugalho / Hugo Cruz / João Costa / José Brochado / José Régio / Maria Elisa Fernandes da Silva / Maria Marília Rosa Paredes Guimarães / Miguel Sousa Tavares / Susana Madeira

Letras das músicas

Criação coletiva

Registo Vídeo

Patrícia Poção

Registo Fotográfico

Diogo Rodrigues

Som

Marco Jerónimo

Luz

Pedro Cabral

Produção

Adelaide Osório

Assistente de Produção

Maria Vasquez

Figurinos

Lola Sousa e Nuno Encarnação

Cenografia

Stay on the Scene

 

Colaboradores

Ana Luísa Castelo / Patrícia Costa / Marta Meirinhos / Benedita Vasquez / Rita Campos Costa / João Pinto / Daniel Abraão

 

Produção

PELE no âmbito do Manobras no Porto

Documentário realizado por Patrícia Poção

 

Reportagens TV e Vídeo

 

Onde estamos

Casa d'Artes do Bonfim

Rua Dr. Carlos Passos nº 59

4000-156 Porto

(à Avenida Fernão de Magalhães)

Para correspondência

 

Rua Barão de Forrester, 841

4050-274 - Porto

Contact

pele.associacao@gmail.com

producao.pele@gmail.com

Call us

+351 91 592 07 64  

Follow us

  • Wix Facebook page
  • YouTube Classic

© 2013 All rights reserved