"Temos a obrigação de inventar outro mundo porque sabemos que outro mundo é possível. Mas cabe a nós construí-lo com as nossas mãos entrando em cena, no palco e na vida. Atores somos todos nós, e cidadão não é aquele que vive em sociedade: é aquele que a transforma!" 

 

Augusto Boal

Este coletivo tem vindo a aprofundar a pesquisa, o desenvolvimento e a multiplicação desta metodologia nomeadamente através do trabalho com diversos públicos em contexto escolar e comunitário.

 

 

 

 

 

 

 

 

O Teatro-Fórum, técnica utilizada em mais de 70 países de todo o Mundo, surge como uma das ferramentas centrais na metodologia do Teatro do Oprimido (T.O.) que teve a sua origem nos anos 60 num contexto de ditadura na América Latina. O teatrólogo brasileiro Augusto Boal sistematizou esta metodologia inspirando-se nas tónicas da Pedagogia do Oprimido criada pelo seu contemporâneo Paulo Freire. São de destacar os princípios da multiplicação, solidariedade e ética como pilares fundamentais e nutrientes necessários para que a Árvore do T.O. (que sintetiza toda a metodologia) possa continuar a crescer forte e de maneira coerente.

 

De uma forma sintética esta metodologia sistematiza exercícios, jogos e técnicas teatrais com o objetivo da desmecanização física e intelectual dos participantes permitindo o ensaio de alternativas para situações que se revelem como opressões na vida quotidiana. O T.O. é usado como meio de desenvolvimento de competências pessoais e sociais, de participação ativa, de promoção da consciência cívica e consequentemente de desenvolvimento social e comunitário.

 

Todas as criações desenvolvidas devem refletir as inquietações, necessidades, urgências e problemáticas sentidas pelos participantes, sendo os grupos que definem os temas a serem apresentados e abertos à discussão. Uma característica fundamental do TO é estabelecer uma comunicação direta, ativa e participada entre espectadores e atores, transformando-os em espect-actores. Com a proposta do T.O. todos têm lugar à participação utilizando-se a arte como catalisadora da emancipação e afirmação dos oprimidos.

 

 

2014

HOJE É DIA DE FESTA!

Grupo de Teatro do Oprimido Auroras

CICLO DE TEATRO DO OPRIMIDO

 

2013

O QUÊ?!

Grupo de Teatro do Oprimido AGE

CICLO DE TEATRO DO OPRIMIDO

 

2012

ESPELHO

Grupo de Teatro do Oprimido AGE

CICLO DE TEATRO DO OPRIMIDO

 

2011

PROCURA-SE FUTURO

Grupo de Teatro do Oprimido AGE

AURORA 

Grupo de Teatro do Oprimido Auroras

CICLO DE TEATRO DO OPRIMIDO

 

2010

MIGUEL + RITA

Teatro Fórum para a Educação Sexual

DIZ-CRIME-NA-ACÇÃO

Grupo TO – Instituto Profissional do Terço

CICLO DE TEATRO DO OPRIMIDO

 

2009

CICLO DE TEATRO DO OPRIMIDO

 

2008

NEM ANJO, NEM DIABO

O QUE É QUE TU QUERES MAIS?

Onde estamos

Casa d'Artes do Bonfim

Rua Dr. Carlos Passos nº 59

4000-156 Porto

(à Avenida Fernão de Magalhães)

Para correspondência

 

Rua Barão de Forrester, 841

4050-274 - Porto

Contact

pele.associacao@gmail.com

producao.pele@gmail.com

Call us

+351 91 592 07 64  

Follow us

  • Wix Facebook page
  • YouTube Classic

© 2013 All rights reserved