sonsJardim.jpg

PELE is an artistic structure of Porto, established in 2007, since its creation work in the affirmation of theater as a privileged space for dialogue and collective creation, guiding the work processes by the principle of placing individuals and communities at the center of the artistic creation, enhancing individual and collective processes of "empowerment" and seeking a balance between ethics, aesthetics and efficiency, assuming the artistic creation as a tool for community, social and economic development, contributing to social and territorial cohesion.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MISSION

 

- Promotion of artistic projects that enable individual development, integration and affirmation of citizenship;

- Foster the creation, experimentation and artistic innovation;

- Increase training activities among the population in general, artists and technicians;

- Increasing the external consultancy to artistic and social structures in the areas of education and health;

- Creation of a network at national level between the artistic sector entities;

- Combat cultural centralization, taking art to the bosom of naturally excluded contexts: Social Neighbourhoods, Prisons ... 

 

 

 

 

 

 

 

 

OPORTO'S DEAF THEATRE GROUP

Since 2008 that PELE and Associação de Surdos do Porto (ASP) – Oporto’s Deaf Association – shared the desire of building bridges between the Deaf and Listener communities, which have been establishing a dialogue through the theater - as a universal language.

In these years of partnership resulted different productions and the creation and affirmation of the Oporto’s Deaf Theatre Group. In 2008 exhibited two performances: Nascemos da Água e à Água Voltaremos and Eram Umas Quantas Vezes (the latter resulted in a publication) both presented in Oporto. In 2011, with support from Direção Geral das Artes, the group presented the performance Quase Nada inspired by the poetry of Eugenio de Andrade. In 2013 initiated the creation Nós inspired on Valter Hugo Mãe literature.

 

 

 

 

 

 

 

PROJECTS IN PRISONS

In 2009, Pele began a process of creation at the Oporto’s Prison, resulting in the spectacle Entrado who was part of the Imaginarius Programme - International Festival of Street Arts Theatre in Santa Maria da Feira in 2010. Wishing to continue the work in the prison context, PELE did integrate the European Project PEETA (Personal Effectiveness and Employability trough the Arts), a pilot project funded by the Program Leonardo da Vinci developed in 5 European countries.

In 2011 signed a protocol with the Direção Geral da Reinserção e Serviços Prisionais (Direction of Reintegration and Prison Services) and Santa Casa da Misericórdia do Porto which enabled the completion of this pilot project in the Prison of Santa Cruz do Bispo, which resulted in the Performance Inesquecível Emilia.

In 2014, through Active Citizenship Program /Gulbekian Foundation PELE started ECOAR Project in 4 prisions in the north of Portugal. 

 

COMMUNITY PROJECTS

The Community Theatre is done for the community, by the community and about the community, it is a theatre that is defined by the people that integrate it. Part of the idea that every human being has the creative potential, potential that being stimulate generates not only personal but also collective transformations.

The theatre offers us a space in a very particular expression so that each one of us can show is spontaneity and genuineness. This involvement enhances individual and collective unbinding

The creative process co- constructed, shared, offer people a chance to rediscover his narrative, of the re - write or even find other forms of languages and thus become protagonists in their processes changing.

Guided by these principles PELE develops continuously, since 2008, projects with communities, emphasizing: Texturas (2009); LGT_MEXE Project (2010/2011), Agosto Azul (2010); Siga a Rusga and Peregrinações (2012), Povoar (2013) and Terra (2013); Mapa (2014, 2015); Tam...O Caminho do rio (2014).

 

TRAINING

PELE offers among its fields and action, open training to all interested.

The promotion of training has allowed Portugal to bring recognized experts in the fields of Theatre of the Oppressed and Community Theatre.

Some trainers with whom we had the pleasure of working are: Adrian Jackson, Barbara Santos, Roberto Mazzini, Alessandra Vanucci and Hugo Cruz.

ENXOVAL

Instalação-Performance

Disponível para circulação

LABORATÓRIO DE ARTE E CIDADANIA

Projeto em Estabelecimentos Prisionais

Programa Cidadãos Ativos/Fundação Calouste Gulbenkian​

#NÃOÉNÃO

Teatro Fórum

Disponível para circulação

ACALANTO

Residência Artística

Disponível para circulação

METO A COLHER

Instalação - Performance sobre Violência Doméstica 

Disponível para circulação

2019

Sons do Jardim

Projeto com Comunidades

Projeto vencedir do Orçamento Colaborativo da Junta de Freguesia do Bonfim em parceria com Associação O Meu Lugar no Mundo, AADID e rede Inducar.

ENXOVAL

Bordado colaborativo

Instalação-Performance

MEXE - Encontro Internacional de Arte e Comunidade

5ª edição

2018

Jardim das Pedras

Projeto com Comunidades

ACALANTO

Residência Artística no Festival Tremor

MEXE_Encontro Internacional de Arte e Comunidade

Extensão Faro

2017

CAL

Projeto com Comunidades

Criação PELE no Projeto Retratos das ilhas: Bonfim para além das fachadas da Rede Inducar

MEXE IV_Encontro Internacional de Arte e Comunidade

2016

ECOAR

Projeto em Estabelecimentos Prisionais

Programa Cidadania Ativa _ Fundação Calouste Gulbenkian​

RETRATO DAS ILHAS

Projetos com Comunidades

Criação PELE no projeto da Rede Inducar
Programa PARTIS _ Fundação Calouste Gulbenkia

2015

ECOAR

Empregabilidade Competências e Arte

SALTA

Projeto em parceria com Plataforma+Emprego com grupo de sem-abrigo

LENDAS DE OLHÃO

Projetos com Comunidades

Co_produção com Casa da Juventude de Olhão

MEXE III_Encontro Internacional de Arte e Comunidade

2014

MAPA

Projetos com Comunidades / AGE_Grupo de Teatro do Oprimido / Auroras_ Grupo de Teatro do Oprimido / Grupo de Teatro Comunitário EMCOMUM de Lordelo do Ouro / Grupo de Teatro Comunitário da Zona Histórica / Grupo de Teatro de Surdos do Porto

TAM...O CAMINHO DO RIO

Projetos com Comunidades

Grupo Teia +/CLDS / Grupo CLAP - Centro Local de Animação e Promoção Rural / Grupo Curso Livre de Teatro / Grupo de Teatro de Gondar e Grupo de Bombos de Rebordelo (projeto Enred'Arte) / Grupo de Cavaquinhos de Freixo de Baixo / Grupo de Ginástica Acrobática da Escola Secundária de Amarante

2013

NÓS

Grupo de Teatro de Surdos do Porto

POVOAR

Grupo de Teatro Comunitário EMCOMUM

de Lordelo do Ouro / Projetos com Comunidades

TERRA

Grupo de Teatro Comunitário de Fermentões /  Projetos com Comunidades

 

MOSTRA DE VÍDEOS DE TEATRO COMUNITÁRIO / TNSJ E TNDM II

 

 

2012

INESQUECÍVEL EMÍLIA 

PETTA / Projetos com Estabelecimentos Prisionais / Projetos Europeus

SIGA A RUSGA

Projetos com Comunidades

PEREGRINAÇÕES

Projetos com Comunidades

 

2011

CAPITAL EUROPEIA

DA CULTURA_GUIMARÃES 2012

Projetos com Comunidades

FÉRIAS NA QUINTA

Projetos com Comunidades

QUASE NADA

Grupo de Teatro de Surdos do Porto

MEXE: I ENCONTRO DE ARTE 

E COMUNIDADE

 

 

2010

LGT_MEXE

Iniciativa Bairros Críticos Lagarteiro / 

Projetos com Comunidades

ENTRADO

Projetos em Estabelecimentos Prisionais

AGOSTO AZUL

Projetos com Comunidades / BEWARE FANATICISM / Projectos Europeus

 

 

2009

NASCEMOS DA ÁGUA E À ÁGUA VOLTAREMOS

Grupo de Teatro de Surdos do Porto

ERAM UMAS QUANTAS VEZES

Grupo de Teatro de Surdos do Porto

LER-TE AO PERTO

Espetáculo Infanto-Juvenil 

METO A COLHER

Instalação / Performance sobre Violência Doméstica / Disponível para itinerância

TEXTURAS

Projetos com Comunidades

 

 

2008

"EUROPACÓLON"

Campanha de Sensibilização

PRETO ÀS CORES

Espetáculo para a Infância

2019

#NÃOÉNÃO

Teatro Fórum - NTO

2018

MAIS NÃO POSSO

Teatro Fórum - AGE

PORTO SENTIDO

Teatro Fórum - NTO Porto

2017

MAIS NÃO POSSO

Teatro Fórum - AGE

PORTO SENTIDO

Teatro Fórum - NTO Porto

2016

MAIS NÃO POSSO

Teatro Fórum - AGE

2015

MAIS NÃO POSSO

Teatro Fórum - AGE

2014

HOJE É DIA DE FESTA!

Grupo de Teatro do Oprimido Auroras

2013

O QUÊ?!

Grupo de Teatro do Oprimido AGE

2012

ESPELHO

Grupo de Teatro do Oprimido AGE

2011

ARCO-ÍRIS DO DESEJO

ADRIAN JACKSON CardBoard Citizens / Reino Unido

TEATRO-FÓRUM – A ESTRUTURAÇÃO

DA PERGUNTA 

BÁRBARA SANTOS Kuringa Berlim e Centro

de Teatro do Oprimido / Rio de Janeiro

RAÍZES E ASAS – SEMINÁRIO TEÓRICO SOBRE TEATRO DO OPRIMIDO

BÁRBARA SANTOS Kuringa Berlim e Centro

de Teatro do Oprimido / Rio de Janeiro

 

 

2010

CURSO DE TEATRO DO OPRIMIDO

HUGO CRUZ Parceria NTO-porto e Faculdade

de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto ( duas edições)

TEATRO FÓRUM E VIOLÊNCIA

ROBERTO MAZZINI Giolli Cooperativa / Itália

CURINGAGEM

ROBERTO MAZZINI Giolli Cooperativa / Itália

LABORATÓRIO MADALENA

ALESSANDRA VANUCC Universidade de Bolonha

 

 

2009

CURSO DE TEATRO DO OPRIMIDO

HUGO CRUZ Parceria NTO-porto e Faculdade

de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto 2008

INICIAÇÃO AO TEATRO DO OPRIMIDO

HUGO CRUZ NTO_Porto

 

Onde estamos:

Casa d'Artes do Bonfim*

Rua Dr. Carlos Passos nº 37-59

4000-156 Porto

(à Avenida Fernão de Magalhães)

Para correspondência

 

Rua Barão de Forrester, 841

4050-274 - Porto

Contact

pele.associacao@gmail.com

producao.pele@gmail.com

Call us

+351 91 592 07 64  

Follow us

  • Wix Facebook page
  • YouTube Classic

*A PELE é, desde 2017, uma estrutura residente na Casa d´Artes do Bonfim ao abrigo do protocolo com a Junta de Freguesia do Bonfim.

Estrutura cofinanciada pela República Portuguesa-Cultura / Ministério da Cultura - Direcção-Geral das Artes

© 2013 All rights reserved